contato@instituto.esp.br 92.3656-5513
contato@instituto.esp.br 92.3656-5513
Saúde Estética
Muito mais que um rostinho bonito

Nos últimos anos o mundo da estética tem crescido bastante no mercado: com cosméticos, remédios, tratamentos e cirurgias. Para os brasileiros cuidar da aparência já é algo cultural, reconhecido mundialmente como as pessoas que mais se preocupam com a beleza. No entanto, o conceito de estética mudou. Atualmente, cuidar da aparência é também cuidar da saúde.

Neste post você entenderá, um pouco mais, sobre a Estética como Saúde e como isso pode ser um benefício para o seu bem-estar.

Mercado de Saúde Estética no Amazonas é crescente, segundo Daniel Antunes, coordenador do curso de Pós-Graduação em Saúde Estética no ESP Amazonas.
Mercado de Saúde Estética no Amazonas é crescente, segundo Daniel Antunes, coordenador do curso de Pós-Graduação em Saúde Estética no ESP Amazonas.

Novo conceito de Estética

Ter um corpo bonito e saudável é uma busca constante para muita gente. Principalmente em um mundo onde a imagem é cada vez mais valorizada e corpos idealizados brilham diariamente nos anúncios de televisão e nas redes sociais.

A Estética veio para “realizar” sonhos e com toda certeza você já ouviu falar de procedimentos estéticos que melhoram a aparência das pessoas e trouxeram bons resultados para a saúde e a autoestima.

Todavia, a Estética, que um dia conhecemos nos livros de filosofia como o estudo do Belo ou a beleza das manifestações artísticas e naturais, mudou! Hoje falar de Estética é também falar de saúde.

Além de cuidados com a aparência os centros de estéticas proporcionam saúde aos clientes.
Além de cuidados com a aparência os centros de estéticas proporcionam saúde aos clientes.

A Estética proporciona bem-estar

Há algumas décadas os cuidados estéticos com a face e o corpo eram vistos como uma prática apenas para a vaidade. Do ponto de vista da população e da medicina era algo completamente desvinculado da saúde.

Dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) apontam o Brasil como o terceiro maior segmento de beleza. As vendas de cosméticos crescem aproximadamente 13% ao ano. Um estudo feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE revelou que o brasileiro gasta mais com beleza do que com comida. Segundo o levantamento, dos R$ 43,4 bilhões que os brasileiros gastaram comprando produtos de higiene, beleza e cuidados pessoais em 2011, R$ 19,8 bilhões foram desembolsados pela classe C.

Observa-se que as pessoas estão preocupadas com a aparência, isso inclui tanto o público feminino quanto o masculino. Estudos da Abihpec também mostram que o setor de beleza vem crescendo, em média 10,4% ao ano.

Hoje, as clínicas de estética se preocupam em trazer mais do que aparência como corpo, rosto e cabelo. Oferecem serviços que podem equilibrar também o lado emocional e organismo como um todo, auxiliando no combate às doenças ligadas ao estresse, tensões musculares, problemas circulatórios, e baixa imunidade. Os procedimentos oferecidos pelas clínicas têm como intuito tratar a beleza exterior e promover uma sensação de sentisse bem.

Essa descoberta pela peculiar relação entre a saúde e estética tem estimulado profissionais da área a investirem na formação e especialmente na especialização em Saúde Estética. Segundo Daniel Antunes, coordenador da Pós-Graduação em Saúde Estética no ESP Amazonas, se especializar é estar inserido no mercado ativamente “a cultura de estética é natural do brasileiro com isso o mercado é crescente quando falamos em Estética, por isso nós formamos especialistas em Saúde Estética aptos a trazer o melhor em estética, saúde e conforto para o cliente e direcionamos nossos alunos para serem empreendedores”.

Estética para prevenção de doenças

Procedimentos estéticos, muitas vezes, ajudam na prevenção de doenças. Por isso, separamos para você três tratamentos que auxiliam e melhoram a qualidade de vida.
• Massagens; sejam estéticas ou terapêuticas as massagens ajudam o organismo como um todo, melhoram a circulação, controlam o estresse, alivia tensões e rigidez dos músculos. A drenagem linfática melhora nosso sistema imunológico, pois esse tipo de tratamento atua principalmente sobre os gânglios linfáticos, que são responsáveis pelas reações imunológicas, os movimentos realizados facilitam a produção de anticorpos (defesas do corpo);
• Botox; A toxina botulínica interfere diretamente no funcionamento dos músculos, realizando a inibição da contração muscular. Com isso ele é um agente fundamental no tratamento de bruxismo (ato involuntário de promover movimentos com a boca durante a noite. Em outras palavras, é uma desordem funcional que se caracteriza pelo ranger ou apertar dos dentes durante o sono). Quando o Botox é aplicado na região onde existe essa contração involuntária forma uma espécie de bloqueio, o músculo não consegue contrair de forma involuntária durante o sono;
• Kinesio Tape; são bandagens funcionais que servem para estabilizar as articulações e preservar os músculos, tendões ou ligamentos, durante o treino. As fitas coloridas auxiliam na circulação sanguínea local, diminui a dor no local lesionado, o inchaço local, e o impacto sobre as articulações, além de prevenir lesões musculares e articulares sem limitar os movimentos do corpo.

Mas antes de sair daqui e procurar uma clínica para fazer os procedimentos estéticos certifique-se que a mesma é de confiança, faça pesquisas com os clientes e veja se existem profissionais qualificados na área de Saúde Estética. Quem pode realizar esses processos são médicos, farmacêuticos, biomédicos, dentistas (apenas na área da face e do pescoço), enfermeiros, fisioterapeutas e esteticistas com curso superior.


Redação: Emily Maduro
Edição: Rodrigo Guirado

Deixar um comentario