contato@instituto.esp.br 92.3656-5513
contato@instituto.esp.br 92.3656-5513
Principais tendências para o mercado de trabalho no ano de 2021

Desde o surgimento do primeiro caso de Corona Vírus, muita coisa mudou. Na economia, o vírus afetou empregos, causou redução de salários, atacou produção industrial, o comércio e os serviços. O ano de 2020 está na reta final. Para 2021, a expectativa é de que diferentes setores iniciem um processo de retomada após a crise. Mas, quais as profissões que deverão bombar no mercado em 2021, num cenário pós-pandemia? A Robert Half, empresa global de consultoria de Recursos Humanos, divulgou o Guia Salarial 2021, que aponta tendências de recrutamento e quais carreiras deverão se destacar no próximo ano. Confira o levantamento completo do Guia Salarial 2021 da Robert Half O estudo mostra que os principais setores em alta serão: tecnologia, saúde, agronegócio, infraestrutura e logística. Já as cinco habilidades técnicas e comportamentais mais buscadas serão: pensamento estratégico, comunicação, agilidade, inovação e adaptabilidade.

Profissionais buscam por benefícios diferenciados

O home office veio para ficar mas, na visão dos colaboradores, a alteração no modelo de trabalho deve ser acompanhada de uma mudança nos benefícios oferecidos pela empresa.

Segundo os dados da Robert Half, 86% dos profissionais consideram interessante que os benefícios oferecidos pelas empresas mudassem daqui para frente. .

De acordo com as respostas, a consultoria chegou ao top 8 de benefícios mais importantes. São eles: Assistência médica; Vale refeição; Vale alimentação; Assistência odontológica; Aporte na previdência privada; Notebook; Auxílio financeiro para montar o Home Office; Auxílio estudo.

Veja quais são as carreiras que estarão em alta em 2021:

  • Jurídico

Carreiras em destaque:

– Generalista de empresa;

– Advogado contencioso cível;

– Advogado trabalhista;

– Advogado tributário;

– Advogado contratual.

Setores em destaque: Farmacêutico, Agronegócio, Tecnologia, Logística e Energia.

O setor também apresenta números expressivos em termos de remuneração inicial. Os valores variam, chegando a R$28 mil.

  • Finanças e Contabilidade

Carreiras em destaque:

– Coordenador e gerente de tesouraria;

– Analista e coordenador de Contabilidade Fiscal;

– Gerente de fusão e aquisição;

– Coordenador de controle interno;

– Analista e coordenador de planejamento financeiro.

Setores em destaque: Agronegócio; Tecnologia; Saúde; Alimentos E Bebidas; e Mineração.

Neste caso, os cargos de diretoria se destacam entre os maiores salários. Os valores chegam aos R$50 mil. No geral, as remunerações variam de R$2.750 a R$19,5 mil. 

  • Mercado financeiro

Carreiras em destaque:

– Analistas e associados em aquisições e fusões;

– Analistas de crédito;

– Analistas, gerentes e CFO em Finanças;

– Gerentes e diretores de riscos; e

– Analista de Back Office.

Setores em destaque: bancos em reestruturação ou adaptação digital; fundos de investimentos/private equities; fintechs; e meios de pagamentos.

Para esse setor, os destaques em termos de remuneração são os cargos de diretoria e funções de associados e analistas, cujos salários chegam a R$49 mil em início de carreira. Entre os demais cargos, os salários variam até R$41 mil.

  • Seguros

Carreiras em destaque:

– Analistas e especialista em produtos;

– Analistas, especialistas e gerentes autorais;

– Analistas e especialistas em precificação; e

– Analistas, gerentes e CFO em finanças.

Setores em destaque: seguros para infraestrutura; seguros para agronegócio; e tecnologia.

Os maiores salários são para os cargos de diretor, CFO, coordenador e analistas. As remunerações variam de R46 mil a R$33mil. 

  • Engenharia

Carreira em destaque:

– Comprador;

– Engenheiro de aplicação;

– Gerente de operações;

– Gerente de supply chain;

– Gerente de projetos.

Setores em destaque: Saúde; Alimentos e Bebidas; Tecnologia/Logística; Infraestrutura; e Mineração.

Os destaques em termos de remuneração são os cargos de diretoria e gerência, cujos valores chegavam a R$23 mil. Dentre os outros cargos variam de R$2,3 mil a R$19,3 mil. 

  • Vendas e Marketing

Carreiras em destaque:

– Head of Growth;

– Customer experience;

– Executivo de vendas;

– Gerente comercial;

– Gerente de e-commerce.

Setores em destaque: Tecnologia (startups); Logística (e-commerce); Alimentos e Bebidas; Educação; e Saúde.

As funções de gerência rendem salários de até R$51 mil, dependendo do tamanho da companhia. No geral, os valores variam de R$3 mil a R$24 mil.

  • Recursos Humanos

Carreiras em destaque:

– Especialistas a gerentes seniores de remuneração e benefícios;

– Coordenador a gerentes seniores de Business Partner;

– Departamento Pessoal (todos os níveis);

– Gerentes de RH generalistas;

– Head de RH.

Setores em destaque: Energia, Farmacêutica, Bens de Consumo, Logística e Agronegócio.

Assim como no setor de vendas, as remunerações neste caso variam de acordo com o tamanho da empresa, podendo chegar a R$29 mil.

  • Tecnologia

Carreiras em destaque:

– Segurança da Informação;

– Cientista/Engenheiro de dados;

– Desenvolvedores/Engenheiros de Software;

– Infraestrutura/Cloud;

– Business Intelligence.

Setores em destaque: mercado financeiro/seguros, tecnologia, educação (EAD), telecom/internet e varejo (e-commerce).

Os maiores salários do setor ficam para área de gerência (CIO, CTO, gerente de desenvolvimento e outros), cujas remunerações podem chegar a R$27.550. Mas, as demais funções também apresentam bons ganhos, com iniciais que variam de R$3 mil a R$13,9 mil.

SOBRE O ESP AMAZONAS

Referência no ensino de pós-graduações, o ESP Amazonas há 15 anos contribui com a educação no estado do Amazonas trazendo sempre cursos inovadores voltados para as mais diversas áreas do conhecimento. Sempre tendo em vista a capacitação profissional baseadas nas tendências de mercado o Instituto possui especializações e MBA’s em diversas vertentes como: Gestão de Negócios, Desenvolvimento e Inovação, Finanças Corporativas e Controladoria, Gestão Tributária, Direito Civil e Processual Civil, Pavimentação de Estradas e Rodovias, Gestão de Pessoas e Liderança e Comércio Exterior.


Redação: Silvia Calderaro – com informações da Serpro.