contato@instituto.esp.br 92.3656-5513
contato@instituto.esp.br 92.3656-5513
Pós-Graduação em

Arquitetura Hospitalar e de Clínicas

Pós-Graduação com Metodologia Nacional | Arquitetura Hospitalar e de Clínicas
  • CARGA HORÁRIA TOTAL: 432 horas/aula
Conteúdo
Coordenação
Sobre o Curso
Corpo Docente

1. Introdução à Arquitetura de Ambientes de Saúde
2. Normas e Regulamentações em Serviços de Saúde
3. Programação Arquitetônica de Serviços de Saúde
4. Atendimento Ambulatorial, Serviços de Urgência e Emergência
5. Serviços de Diagnóstico por Imagem e Métodos Gráficos
6. Serviços de Terapia, Reabilitação e Clínicas Especializadas
7. Arquitetura de Laboratórios, Centros Cirúrgicos e Salas Limpas
8. Unidades de Internação e Tratamento Intensivo
9. Apoio Técnico, Administrativo e Logístico em Hospitais e Clínicas
10. Acessibilidade, Humanização e Ergonomia no Ambiente de Saúde
11. Iluminação em Estabelecimentos Assistenciais de Saúde
12. Infraestrutura e Instalações Prediais em Serviços de Saúde
13. Manutenção e Gestão de Recursos Físicos em Serviços de Saúde
14. Gestão de Equipamentos Médicos-Hospitalares
15. Materiais de Acabamento em Serviços de Saúde
16. Sustentabilidade e Gestão de Resíduos em Serviços de Saúde
17. Certificação e Acreditação de Hospitais, Clínicas e Laboratórios
18. Metodologia do Trabalho Científico
19. Orientação TCC
20. Defesa do TCC
*Grade sujeita a alteração.

Instituto ESP Amazonas (Coordenação Acadêmica)
Marcio Nascimento de Oliveira (Coordenação Técnica)
Graduado em Arquitetura pela Universidade de Brasília, Mestre em Arquitetura pela McGill University (Montreal). Doutorando em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília. Foi consultor do Ministério da Saúde no projeto Reforsus. Coordenou o projeto SOMASUS, desenvolvido em uma parceria do MS com UFBA e UFSC. Professor convidado nos cursos de Especialização de Arquitetura em Sistemas de Saúde da UFBA e Especialização em Arquitetura Hospitalar do INBEC e IPOG. Foi Presidente da Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar – ABDEH no período 2014-2017. Atuou como arquiteto na Fundação Nacional de Saúde – FUNASA entre 2009 a 2012. Atuou também na elaboração de projetos para o Ministério da Saúde, na área de arquitetura dos serviços de Hematologia e Hemoterapia, entre 2014 e 2017. Atualmente é consultor do UNOPS/ONU na área de arquitetura hospitalar e Coordenador do Curso de Arquitetura e Urbanismo e do curso de Especialização em Arquitetura de Sistemas de Saúde na Universidade Católica de Brasília.

APRESENTAÇÃO (JUSTIFICATIVA DA OFERTA DO CURSO)
A área da saúde é uma das que mais demanda novos investimentos a cada ano, tanto no aperfeiçoamento e melhoria da área pública quanto em novos serviços da rede privada. O Instituto de Especialização do Amazonas – ESP Amazonas, ciente de seu papel de fomentador do desenvolvimento da região, apresenta sua mais nova Pós-Graduação em Arquitetura de Hospitais e Clínicas, que visa à formação de arquitetos e engenheiros especialistas para atender a esta crescente demanda.

OBJETIVOS DO CURSO (QUAL A PRETENÇÃO?)
Formar egressos capazes de analisar, planejar e desenvolver projetos de hospitais e clínicas, em acordo com as melhores práticas e as normas vigentes. Analisar de forma crítica a estrutura física de um Hospital, afim de propor soluções para viabilizar o empreendimento.

PÚBLICO-ALVO (A QUEM SE DESTINA O CURSO?)
Arquitetos ou engenheiros que desejam se capacitar ou se aperfeiçoar para atuar na área de infraestrutura da saúde.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL (ONDE O PROFISSIONAL PODE ATUAR? COMO?)
Analista, consultor e desenvolvedor de projetos arquitetônicos de hospitais, clínicas e laboratórios, bem como nas práticas docentes e de pesquisa.

DIFERENCIAIS COMPETITIVOS DO CURSO (O QUE TORNA ESTE CURSO DIFERENTE DOS DEMAIS?)
Corpo docente com ampla experiência na área e grade curricular desenvolvida com base nas reais necessidades dos profissionais que atuam na área.

Marcio Nascimento de Oliveira – Graduado em Arquitetura pela Universidade de Brasília, Mestre em Arquitetura pela McGill University (Montreal). Doutorando em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília. Foi consultor do Ministério da Saúde no projeto Reforsus. Coordenou o projeto SOMASUS, desenvolvido em uma parceria do MS com UFBA e UFSC. Professor convidado nos cursos de Especialização de Arquitetura em Sistemas de Saúde da UFBA e Especialização em Arquitetura Hospitalar do INBEC e IPOG. Foi Presidente da Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar – ABDEH no período 2014-2017. Atuou como arquiteto na Fundação Nacional de Saúde – FUNASA entre 2009 a 2012. Atuou também na elaboração de projetos para o Ministério da Saúde, na área de arquitetura dos serviços de Hematologia e Hemoterapia, entre 2014 e 2017. Atualmente é consultor do UNOPS/ONU na área de arquitetura hospitalar e Coordenador do Curso de Arquitetura e Urbanismo e do curso de Especialização em Arquitetura de Sistemas de Saúde na Universidade Católica de Brasília.

Missifany Silveira – Graduada em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Goiás (1992). Especialista em Gestão Ambiental pela Universidade Federal de São Carlos (2004). Mestre em Geografia pela Universidade de Brasília (2008). Doutora em Geografia pela Universidade de Brasília (2016). Foi Gerente de Projeto no Ministério do Meio Ambiente(2001-2003). Foi Consultora técnica no Ministério da Saúde pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), atuando na Secretaria Executiva e na Secretaria de Vigilância em Saúde nas áreas de gestão de projetos e saúde ambiental (2003 – 2011). Apoiadora na Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (2011- 2014), junto ao Projeto Qualisus. Atualmente é Docente/Colaboradora no Programa de Mestrado Profissional em Políticas Públicas em Saúde, e Pesquisadora /Colaboradora do Programa de Promoção à Saúde, Ambiente e Trabalho (PSAT) da Fundação Oswaldo Cruz em Brasília.

Carlos Emílio Marczyk – Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1979). Atualmente é gerente de infraestrutura do Hospital Moinhos de Vento. Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Construção Civil, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão de projetos e de manutenção, arquitetura hospitalar, infraestrutura, functional design e edifício hospitalar.

Ricardo Maranhão Sá – Possui graduação em ENGENHARIA ELÉTRICA pela ESCOLA FEDERAL DE ENGENHARIA DE ITAJUBÁ (1994). Possui pós-gradução na área de ENGENHARIA BIOMÉDICA, com ênfase em ENGENHARIA CLÍNICA pela UNICAMP (1996). Possui pós-gradução na área de SAÚDE PÚBLICA, com ênfase em ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR pela USP (1997). Possui pós-graduação na área de AGENTES DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA pela CAMBURY. Foi consultor na Engenharia Clínica Consultoria de 1996 a 1997. Foi diretor técnico do Serviço de Manutenção de Equipamentos do Hospital Infantil Darcy Vargas em São Paulo-SP em 1997. Foi consultor no MINISTÉRIO DA SAÚDE / Projeto REFORSUS na área de ENGENHARIA CLÍNICA de 1997 a 2001. Foi gerente de produto na SIEMENS na área de RADIOTERAPIA de 2001 a 2002. Foi consultor no MINISTÉRIO DA SAÚDE / Projeto VIGISUS I e II na área de ENGENHARIA CLÍNICA de 2003 a 2009. Foi professor convidado da disciplina Introdução à Engenharia Clínica na PUC-GO entre 2005 a 2007 e 2013 a 2014. Atualmente é professor auxiliar na Faculdade de Engenharia Elétrica da PUC-GO desde fevereiro de 2014. Atua como engenheiro clínico na Secretaria de Estado da Saúde desde 2003, onde atualmente exerce o cargo de gerente especial na Gerência de Engenharia Clínica.

Flavio Bicalho – Possui graduação em arquitetura e urbanismo pela Universidade de Brasília (1982). Especialista em saúde coletiva pela UnB em 2002. Ex-presidente da Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar. Profº de vários cursos de especialização no País. Autor de livros na área de saúde.

Thomé Raposo Júnior – Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Santa Úrsula (1987). Tem experiência na área de Arquitetura, com ênfase em projetos de arquitetura de estabelecimentos assistenciais de saúde. Possui especialização em Arquitetura de Sistemas de Saúde pela Universidade Federal da Bahia (2006). Possui especialização em Administração Hospitalar e Serviços de Saúde pela Universidade Nilton Lins – AM (2003).

Doris Vilas Boas – Arquiteta e urbanista graduada pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2001, registrada no CAU sob o nº A34039-1. Formação complementar na Escula Técnica Superior de Arquitectura de Valencia no curso de Arquitectura (1999-2000) Arquiteta especialista em sistemas de Saúde pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e ANVISA em 2010. Diretora da Regional Bahia da Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar (ABDEH). (Gestão 2014-2017) Vice Presidente da Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar (ABDEH) / Marketing. (Gestão 2017-2020) Professora do Curso de Especialização da UFBA/ABDEH: Introdução a Arquitetura de Sistemas de Saúde e do Curso de Arquitetura de Clínicas, laboratórios e Hospitais da AEA Educação Continuada. Pesquisadora do Grupo de Estudo em Engenharia e Arquitetura Hospitalar-UFBA Sócia proprietária da Empresa DesignCare: Construindo o Cuidar. Que atua na área de desospitalização e estruturação de Home Care. Sócia proprietária do Escritório Vilas-Boas Arquitetura que atua principalmente nas áreas de Planejamento em saúde, Arquitetura Hospitalar, Educacional e Religiosa.

Thalita Lellice Campelo – Arquiteta, mestranda em arquitetura e urbanismo, com tema de pesquisa: Ambiência no cuidado integral e humanizado do Recém-nascido hospitalizado. Especialista em Arquitetura de Sistemas de Saúde. Consultora da Rede Pública de estabelecimentos de saúde referentes a Atenção Neonatal e Banco de Leite Humano. Diretora Nacional de Relações Institucionais da Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar_ABDEH. Sócia Fundadora da empresa Saúde Design. Representante da ABDEH no Grupo Técnico de revisão da RDC 50/2002 que dispõe sobre o Regulamento Técnico para planejamento, programação, elaboração e avaliação de projetos físicos de estabelecimentos assistenciais de saúde. Professora de Arquitetura dos cursos de gestão hospitalar e administração, na faculdade LS Educacional.

Erick Rodrigo Vicente – Mestrando do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP – conclusão prevista para 2020). Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Nove de Julho (2006). Atualmente é Coordenador Técnico do IPH – Instituto de Pesquisas Hospitalares Arquiteto Jarbas Karman e sócio diretor da eAm – estúdio de Arquitetura mutável.
*Corpo docente sujeito a alteração.

Receba o Projeto e Proposta do Curso